21/12/08

Hoje a noite é jovem...

Houve um deslumbrante poeta brasileiro chamado Vinicius de Moraes que um dia escreveu o mais belo poema de Natal. Aqui vai ele, acompanhado com os meus sinceros votos de Feliz Natal para todos; sobretudo para os meus conterrâneos castrejos, os que estão em Castro e os que se encontram na diáspora, espalhados por esse mundo de Deus.



«Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos –
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.
Assim será a nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos –
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.
Não há muito que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez, de amor
Uma prece por quem se vai –
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte –
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.»

Feliz Natal Meus Amigos

3 comentários:

fotógrafa disse...

…e assim se cumpre mais um NATAL!
Que ele seja de PAZ E AMOR, pelo menos nos nossos corações.
FESTAS FELIZES
abraço

Jofre Alves disse...

Passo para ver este blogue, um espaço aprazível, cheio de qualidade e de amor á sua terra. Espero que o seu Natal tenho sido um oásis de paz e felicidade, com muito bacalhau e rabanadas minhotas.

fotógrafa disse...

Obrigada pelo carinho demonstrado ao longo deste ano, no meu humilde cantinho…
Nesta passagem de mais um ano, o que desejo para ti sinceramente é que SEJAS FELIZ!!!...
abraço